Sony NEX VG10 – Câmera de vídeo de lentes intercambiáveis

Posted on 15/07/2010

16


Sony NEX VG10 video camera

Quando a Sony entrou no mercado das compactas de lente intercambiáveis, introduzindo as câmeras NEX-3 e NEX-5, ela também revelou que um plano de lançar um filmadora/câmera de vídeo baseada no mesmo sistema. A Sony NEX VG10 é o primeiro produto dessa nova linha de câmeras de vídeo, conhecidas como Handycam na Sony (assim como suas câmeras fotográficas compactas são conhecidas como Cybershot). Ela pode utilizar todas as lentes do E mount (composto até agora por 3 lentes) e também, através de adaptadores, a vasta gama de lentes do α mount, que compõem a linha DSLR da Sony. Ela será vendida com a lente 18-200mm f3.5-6.3 por volta de 2.000 dólares e chegará ao mercado em setembro.

A principal diferença em relação a NEX-5 é o design do produto, que é totalmente voltado para a gravação de vídeos.

Sony NEX VG10 video camera in hand

As outras especificações são quase idênticas. Ambas compartilham do mesmo sensor de tamanho APS-C que permite fotografias de 14 megapixels e, segundo a Sony, este sensor é quase 20x maior que os sensores utilizados em filmadoras convencionais. Com um sensor deste tamanho, a câmera consegue entregar cenas com uma profundidade de campo menor, comparável aos caríssimos equipamentos usados profissionalmente no cinema. Os pontos fortes do design da VG10 é que ela conta com muitos botões dedicados, uma alça lateral e outra superior (muito útil para certas tomadas de cena), viewfinder e LCD acoplado, um excelente microfone (composto por 4 microfones, que visam separar melhor os canais de áudio e diminuir ruídos indesejáveis) e também com duas portas (uma proprietária da Sony e outra universal) para conectar acessórios específicos para filmadoras, como aquela luz de iluminação contínua que você já deve ter visto quando filmaram o aniversário de 1 ano do seu priminho.

Sony NEX VG10 video camera

Muitos podem deixar-se levar pelo visual desta câmera, que é muito profissional. Porém, ao analisar melhor as especificações do produto vemos que a Sony pecou em aspectos técnicos de gravação de vídeos utilizados por profissionais. Ela tem apenas um formato de gravação em 1080i a 60fps. O i indica que o modo de gravação é do tipo interlace (varredura entrelaçada, em português), que é uma tecnologia voltada para exibição em TVs e monitores do tipo CRT/tubo, que tem quase 50 anos de idade. A tecnologia atual é a progressive (varredura progressiva, em português), que seria mais coerente utilizá-la como padrão na captura dos vídeos da VG10. Ela não permite gravar utilizando outras velocidades de captura, como 30 e 24fps, sendo a última amplamente utilizada por profissionais e cineastas. Também não há opção para filmar com resolução reduzida (720, por exemplo) e nem capturas fotografias no formato RAW, apenas em JPG.

Caso a Sony não contorne estas limitações com um update de firmware, o mercado profissional e de amadores avançados sequer olhará para a VG10 como opção de equipamento. O que é um desperdício, pois uma filmadora com lentes intercambiáveis, um grande sensor e relativamente barata, era tudo que este mercado estava esperando.

Confira todos os detalhes técnicos da NEX VG10 no site oficial da Sony.

E abaixo, o vídeo de lançamento que conta com imagens gravadas utilizando o produto. Aconselho assistir em resolução máxima e em tela cheia para ver em detalhes a qualidade de imagem.

Posted in: Câmeras, Fotografia